sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Quanto vale um sonho?


Depois que adentrei ao maravilhoso mundo casamentício percebi que essa ocasião é levada muito a sério pelas mulheres. Não que os homens também não gostem, ou que eu esteja achando ruim os preparativos, mas é que casar de branco nunca foi um sonho para mim.

Mas desde que comecei minhas pesquisas cibernéticas casamentícias, me dei conta de que a cerimônia e a festa são muito mais que celebrações. Para a maioria das mulheres, o casamento é a personificação do conto de fadas que ouviam, liam e assistiam desde a infância.

Mas para que esse sonho se realize é necessário pagar um preço. E quando falamos de casamento o valor pode não ter limite. A culpa disso é dos detalhes. Sim, são eles que arruínam qualquer orçamento traçado e como conseqüência qualquer saldo bancário, já que não bastam vestido, padre e bolo. Tem que ter um cabide especial para pendurar o vestido, uma decoração super especial para enfeitar a nave (entrada da noiva) e muitos docinhos que além de gostosos têm que ser lindos e acompanhados de forminhas especiais.

E cada detalhe é milimetricamente planejado por essas noivas que passam meses planejando tudo e sonhando com o dia D. E para realizar esses mini sonhos (a aquisição desses detalhes todos juntos que unidos se transformam na materialização do sonho maior, o casamento), vale tudo: deixar de lado a vaidade e diminuir a ida ao cabeleireiro, trocar viagens por passeios mais simples, parcelar as aquisições em muitas vezes ou até começar a se organizar com mais de um ano de antecedência.

Eu não tinha ideia de nada disso até adentrar nesse mundo. Não tinha noção de como essas moças se esforçam para que tudo esteja impecável, mas principalmente, como pode ser alto o preço para realizar o sonho do casamento perfeito. Ainda que os pombinhos não sejam felizes para sempre.

E não pense que para elas isso seja um sacrifício. Não, para as noivas tudo isso é feito com intenso prazer, afinal sonho é sonho e cada um tem o seu.

Confesso que desdenhava um pouco disso tudo até pouco tempo atrás, mas aprendi a respeitar a escolha de cada um. Eu achava um absurdo quem trocava uma viagem maravilhosa por uma festa de algumas horas. Mas agora entendo que não se trata de qualquer festa. É a festa do casamento delas. E, a partir de agora vou elogiar mais cada detalhe que me chame atenção nos casamentos em que eu for convidada, porque sei o que está por trás deles.

Percebi que a realização do meu sonho custa menos que o delas, veja só que ironia.Não consigo ser seduzida por um Buffet chic ou pelo bem-casado da Conceição. Eu quero o que é bom, mas também não precisa ser o que está na moda, porque esse não é o meu sonho. Não quero uma festa de arromba. Quero só compartilhar com os mais íntimos um momento feliz.

O que faz meu coração bater mais forte é dar uma voltinha no London Eye, passear pelo Quartier Latin, conhecer o Coliseu e fazer isso tudo com o meu marido. Só isso já me basta, por enquanto...

Quanto custa o seu sonho?

9 comentários:

  1. Bom, eu não posso negar que este é um dos meus maiores sonhos também...rs

    ResponderExcluir
  2. Ah, é um dos meus maiores sonhos! Sou louca pra estar vivendo tudo isso, hahaha. Com certeza me sentirei "a" princesa, hehe.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que o sonho varia de cada fase da vida. Já tive sonho de casar de noiva com festa e tudo e casei. Já tive o sonho de conhecer Paris e conheci. No momento, não tenho nenhum sonho. O importante, no meu entender, é concretizar o sonho, afinal, só se vive uma vez.
    Um beijo pra você

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Seu blog é muito bom, adorei!

    Quero aproveitar para te convidar a conhecer meu blog também e participar da Promoção 1001 Seguidores. Como prêmio você pode levar para casa uma das agendas 2011 recheadas de fotos dos mais de 40 países que visitei! Se quiser, traga também seus amigos e leitores! :D

    Aguardo você! :)

    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Sabe Ana,este definitivamente jamais foi o meu sonho.Sou prática demais pra gastar a grana toda numa festa onde estarei mais atucanada do que satisifeita por completo. Com certeza prefiro uma viagem inesquecível a dois. Não desprezo quem curte,mas depois de vários casamentos e sete onde fui madrinha, percebi que é mais um sonho/ realização da noiva do que qualquer outra coisa. É um momento dela,só dela! Em alguns casos o noivo é só um detalhe na busca desenfreada para realizar tal sonho, o casamento, a tradição e suas alegorias.
    Mas se é pra alguém se sentir feliz,estou nessa então curto muito o casamento... dos outros.
    bjão

    ResponderExcluir
  7. Ana, querida: Feliz Natal!
    Muita alegria e amor na sua vida!
    Bj
    Alê

    ResponderExcluir
  8. eu acho que o casamento não deveriam ser encarado tão assim , como o consumismo, deveria ser levado, como a celebração de um amor, duas vidas se unindo para a eternidade, não importa o luxo da cerimonia, mas a=sim o amor envolvido nela!

    felippe costa- blog fwc http://f-w-c.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Menina, conheci seu blog agora e to percebendo muitas semelhanças entre nós!! Esse seu post sobre o casório só não foi igual o meu porque não somos irmãs!! rss se quiser leia o meu post sobre o assunto http://vanessa-fagundes.zip.net/arch2010-12-05_2010-12-11.html
    Enfim, parabéns! vc escreve muito bem!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails