quinta-feira, 7 de maio de 2009

Fidelidade Masculina


“EU NUNCA VOU TE ABANDONAR” era o que estava escrito em uma camiseta de um cara na rua. Fiquei imaginando o real sentido daquela frase. Seria para uma mulher, para a mãe dele ou seria uma dessas campanhas publicitárias que ficam testando a reação das pessoas, pensei comigo.

Imaginei que se o cara teve o trabalho de escrever isso em uma camiseta, ele seria o ser mais "cute" do planeta. Imagina se meu namorado resolve escrever uma declaração de amor numa camiseta para mim? Ok, eu sei que ele gosta de mim, mas pendurar faixas e escrever em camisetas não é o estilo dele.

A história da camiseta ficou em minha cabeça e comentei com um colega de trabalho. Ele riu para mim e disse: “Ah, são os corinthianos que lançaram essa moda, a frase “eu nunca vou te abandonar” está no fato do Corinthians ter ido para a segunda divisão e que nem assim o sujeito vai deixar de torcer pelo time.

Fiquei olhando para o meu colega e tentei entender o que levaria um homem, macho, peludo a fazer uma declaração explícita para um time e não para a sua esposa, namorada ou ficante. Explicando melhor: é "cool" para a linhagem masculina ter uma camiseta declarando seu amor a um time, mas se fosse para a sua mulher, pegaria mal.

Ok, depois as mulheres é quem são complicadas. Os homens não choram com o fim de um relacionamento, mas se o time perde o campeonato, sai de baixo: é uma choradeira e ladainha sem fim. Aparecem até na televisão com lágrimas nos olhos e cara de desconsolo tentando fingir que aquilo não era real.

Sinceramente, na minha cabeça essa devoção masculina não faz o menor sentido. Mas pensando bem, se meu namorado aparecesse com uma camiseta, escrito “Eu nunca vou te abandonar, Ana Paula”, eu acho que terminaria com ele. Tem coisa mais brega?

12 comentários:

  1. Não, não tem nada mais tosco.....ainda bem que eu não gosto de futebol...

    ResponderExcluir
  2. concordo PLENAMENTE!!!!!!!!!!! é falta do que gostar. provar uma masculinidade tosca....totalmente tosca!! bjocas

    ResponderExcluir
  3. Haha, pior que é verdade.. A gente reclama da fidelidade ao time, mas se aparecessem com uma camiseta escrito: Ana, eu nunca vou te abandonar, eu acho que pirava, e mandava tirar.
    hahaha
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Cara!! Isso é péssimo mesmo!!!
    Na verdade acho qualquer tipo de fanatismo meio idiocrático demais. Parece que alguns (e digo só alguns e por isso não todos rs) acabam transportando alguma expectativa de sucesso para o time e quando não rola, a frustração é mesmo imensa e a sensação de fidelidade fica mais forte.
    Péssimo.
    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  5. Tá vendo, não entendo as mulheres, nos criticam por declararmos nosso amor pelo time do coração, sonham com tais declarações para vcs, mas quando pensam melhor acham isso muito brega!!!

    quando eu era casado, tinha um adesivo no meu carro "eu amo minha mulher", todo dia ela olhava e dizia: - que brega!!
    mas quando eu tirei o adesivo, ela me chamou de grosso!

    não entendo as mulheres. Vou comprar uma camisa dessas pra mim, meu time foi pra segundona tbm...rs


    beijo

    ResponderExcluir
  6. Adorei a postagem Ana e também não entendo essa devoção,estou aqui com os meus ouvidos doendos de tanto ouvir o hino dos Palmeiras, mas será que eles tem tempo pra ouvir a gente, o que queremos, nossos planos...

    Talvez sim, depois do jogo.

    Beijosss e bom final de Semana.

    ResponderExcluir
  7. Nao acho seja um mico, penso eu, depende dos olhos que interpreta.
    Mas não gostaria de receber esse tipo de declaração, pq acho nao há necessidade dele ´comprovar` isso em público, prefiro que ele me diga quando estivermos a sós.

    Mas se a pessoa pretende fazer uma declaração de amor em público tipo "loucura de amor", seria bom antes saber se a outra pessoa não é reservada, porque se for, pode ser que a declaracão faça se afastar, afinal não é todo mundo que quer ficar exposto, mesmo que seja por amor.

    ResponderExcluir
  8. Ah, e deve ser uma adrenalina justificar amor por futebol assim, chorando e até matando!! (idiotamente falando, claro hoho)

    ResponderExcluir
  9. hahahahahahahahha

    Na verdade...é tudo muito simples, mas as mulheres não entendem a nossa simplicidade! Amor no futebol é incondicional...tipo amor de mãe!

    ahahahahah

    Vocês amam seus filhos, nos amamos nossos esquadrões!

    hahaha

    Beijocas! Adorei o tema! Fiquei tentando imaginar uma mulher embasbacada ao ver a camisa!

    ResponderExcluir
  10. O relacionamento com a mulher pde acabar um dia, mas com o time nunca. Depois as mulheres dizem que nós somos insensíveis.

    bj

    ResponderExcluir
  11. VOCÊ NUNCA VÃO SABER O QUE É SER CORINTHIANO....


    É MUITO MAIS DO QUE 90 MINUTOS DE PARTIDA, GAVIÃO NÃO É AQUELE QUE HOSTENTA APENAS UMA CAMISA, É AQUELE QUE TORCE... TORCE, ACIMA DE TUDO, COM A ALMA, COM O CORAÇÃO....

    MINHA SEGUNDA FAMÍLIA, APRENDI MUITAS COISAS COM O CORINTHIANS, COM OS GAVIÕES... APRENDI À AMAR O PRÓXIMO... POIS UM DOS SENTIMENTOS QUE O SER HUMANO MAIS PROCURA ATÉ HOJE EU SÓ ENCONTREI NO MEIO DE UMA TORCIDA DE FUTEBOL, NA DO CORINTHIANS: O SENTIMENTO DA IGUALDADE!!

    EU NUNCA VOU ABANDONAR MEU TIME, POR MAIS QUE EU SOFRA OU PRA VOCÊS PARECAM IDIOTA...

    APRENDI A PARTILHAR, A SER HUMILDE, A SER LEAL E TER ATITUDE... APRENDI TAMBÉM A TER GRATIDÃO E FIZ AMIGOS, AMIGOS DE VERDADE.... TODOS EM BUSCA DE UM SÓ IDEAL

    PARTICIPEI DE INÚMERAS CAMPANHAS SOCIO-CULTURAIS.. AJUDANDO PESSOAS QUE REALMENTE PRECISAM DE AJUDA... E NUNCA, NUNCA, ME ENVOLVI COM QUALQUER CRIME OU BRIGA....
    O QUE, DE FATO, IMPORTA E É BONITO, A MÍDIA NÃO MOSTRA!


    GAVIÕES DA FIEL - UMA FAMÍLIA QUE DEFENDE O CORINGÃO

    ResponderExcluir
  12. vcs não sabem o que é amor e paixão de verdade..
    ser corinthiana é uma emoção que vai além do imaginável..
    eu amo sim esse time!
    e nunca vou abandona-lo
    por q isso é amor de verdade..

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails